Livro: Confissões de Minas

103560

Em Confissões de Minas, Drummond se confessa por intermédio da poesia e do modo de ser de outros escritores, e também ao falar de suas origens e da paisagem humana com a qual se solidariza no anonimato da metrópole.

Mais detalhes

Cálculo do Frete e Prazo

Ao comprar este produto você irá somar 6 pontos de fidelidade. Seu carrinho totalizará 6 pontos que podem ser convertidos em um cupom de R$ 1,20.


R$ 69,90
Pague em até 6x de R$ 11,65 s/ juros!

Nosso site é seguro, confira:

Mais informações

Publicado originalmente em 1944, primeiro livro em prosa do poeta mineiro, foi incluído na edição da Obra completa e nunca mais ganhou a forma de volume independente.

A edição da Cosac Naify restaura volume independente que reúne textos escritos entre os anos 1920 e 1940, acompanhado de textos críticos de Antonio Candido, Sérgio Milliet e Lauro Escorel.

Neste livro, o escritor da grande poesia de A rosa do povo e Claro enigma faz prosa da melhor qualidade e de diferentes maneiras. O romancista Cyro dos Anjos, amigo de Drummond, comentou à época do lançamento: “não acredito que se encontrem páginas mais belas na língua portuguesa”.

Em Confissões de Minas, Drummond se confessa por intermédio da poesia e do modo de ser de outros escritores, e também ao falar de suas origens e da paisagem humana com a qual se solidariza no anonimato da metrópole. A prosa deste livro se alimenta do “sentimento do mundo”, ou seja, das grandes correntes históricas de sua época, marcada pela transformação do Brasil rural em urbano-industrial, pela crise de 1929, pela ascensão de nazismo e comunismo, culminando na Segunda Guerra Mundial.

Um Drummond menos conhecido mas não menos fundamental.

Informações Técnicas:

Código de barras9788575037836
Autor(a)Alan Moore
TítuloConfissões de Minas
ISBN9788575037836
Páginas336
Edição
Tipo de capaBrochura
EditoraCosac Naify
Ano2011
AssuntoLiteratura Nacional - Romance
IdiomaPortuguês

Opiniões dos Clientes

Escreva sua avaliação

Livro: Confissões de Minas

Livro: Confissões de Minas

Em Confissões de Minas, Drummond se confessa por intermédio da poesia e do modo de ser de outros escritores, e também ao falar de suas origens e da paisagem humana com a qual se solidariza no anonimato da metrópole.

Escreva sua avaliação

30 produtos relacionados, quem podem lhe interessar: