Livro: Olney São Paulo E A Peleja Do Cinema Sertanejo

103246

A história deste diretor e cineasta baiano é contada pela jornalista Angela José.

Mais detalhes

Cálculo do Frete e Prazo

Nenhum ponto de bônus para este produto.


R$ 9,90
Pague em até 6x de R$ 1,65 s/ juros!

Nosso site é seguro, confira:



Mais informações

Em 1968 o cineasta baiano Olney São Paulo (1936-1978) produziu Manhã cinzenta, um filme kafkiano que chamou a atenção de Orson Welles (por sua ousadia formal) e da ditadura militar (pela denúncia do regime). O filme foi censurado no Brasil.

Quando uma cópia deste filme foi encontrada na casa de um dos participantes do primeiro seqüestro político no país, embora nada tivessse a ver com a ação terrorista, Olney foi preso, torturado e depois processado pela ditadura.

A história deste diretor e guerrilheiro da imagem e reserva para ele um lugar na galeria dos orixás da Bahia, ao lado de Jorge Amado, Glauber Rocha e Caetano Veloso é contada pela jornalista Angela José.

Informações Técnicas:

Título: Olney São Paulo E A Peleja Do Cinema Sertanejo
Autor: Angela José
Edição:
Ano: 1999
Tipo de capa: Brochura
Formato: Livro
Editora: Quartet
Idioma: Português
Código de Barras: 9788585696191

Opiniões dos Clientes

Escreva sua avaliação

Livro: Olney São Paulo E A Peleja Do Cinema Sertanejo

Livro: Olney São Paulo E A Peleja Do Cinema Sertanejo

A história deste diretor e cineasta baiano é contada pela jornalista Angela José.

Escreva sua avaliação

30 produtos relacionados, quem podem lhe interessar: