Livro: Gênero, Poder e Tradição na Terra do Coronel e do Lobisomem

103263

Maior cidade do interior do estado do Rio de Janeiro, Campos dos Goytacazes ainda abriga uma sociedade que se destaca pelo conservadorismo, pela intolerância e pelo atraso, como sugere este livro, organizado pela professora Marinete dos Santos Silva da Universidade Estadual do Norte Fluminense.

Mais detalhes

Cálculo do Frete e Prazo

Nenhum ponto de bônus para este produto.


R$ 9,90
Pague em até 6x de R$ 1,65 s/ juros!

Nosso site é seguro, confira:

Mais informações

A "Terra do Coronel e do Lobisomem", para quem não conhece a obra de José Candido de Carvalho, é Campos dos Goytacazes, cidade do norte fluminense e cenário do aclamado romance de Carvalho, "O Coronel e o Lobisomem".

Campos é também conhecida pela produção de cana-de-açúcar, pela exploração de petróleo e pelo conservadorismo de sua população, que aplaudiu quando lá se instalou a organização católica Tradição, Família e Propriedade (TFP) e quando o bispo local exigiu que os padres de sua diocese continuassem a rezar as missas em latim e de costas para os fiéis, anos depois de o Concílio Vaticano II orientar que se oficiasse de frente para o público e em vernáculo.

Nessa cidade nos anos de 1990, se instalou a Universidade Estadual do Norte Fluminense, à qual se vincula o Laboratório de Estudos da Sociedade Civil do Estado e o Atelier de Estudos de Gênero, dos quais faz parte a Professora Mariente dos Santos Silva, organizadoradeste livro.

Idealizado e desenvolvido no âmbito do referido atelier de estudos, este livro reúne quatro artigos de diferentes autores, que tentam compreender a sociedade local, através de quatro abordagens permeadas pela questão do gênero.

A primeira é um estudo sobre a TFP, que vetava o ingresso de mulheres em suas fileiras e encontrou ambiente favorável em Campos, onde realizou manifestações contra o divórcio, a teologia da libertação e a reforma agrária.

A segunda é uma artigo que analisa os assassinatos de dois homossexuais da cidade, um médico e um padre, e conta como a formação conservadora de juízes e jurados e a pressão da Igreja determinaram a sorte dos réus.

A terceira sugere que a postura de agentes campistas do Juizado Especial Criminal, órgão responsável pela punição de crimes de violência doméstica contra mulheres, acaba desestimulando as vítimas de ir até o fim com os processos. 

A quarta é uma análise de como mulheres de uma comunidade pobre local se protege ou não da contaminação pelo vírus da Aids.

Informações Técnicas:

Título: Gênero, Poder e Tradição na Terra do Coronel e do Lobisomem
Organizadora: Marinete dos Santos Silva
Edição:
Ano: 2009
Tipo de capa: Brochura
Formato: Livro
Editora: Quartet
Idioma: Português
Código de Barras: 9788578120269

Opiniões dos Clientes

Escreva sua avaliação

Livro: Gênero, Poder e Tradição na Terra do Coronel e do Lobisomem

Livro: Gênero, Poder e Tradição na Terra do Coronel e do Lobisomem

Maior cidade do interior do estado do Rio de Janeiro, Campos dos Goytacazes ainda abriga uma sociedade que se destaca pelo conservadorismo, pela intolerância e pelo atraso, como sugere este livro, organizado pela professora Marinete dos Santos Silva da Universidade Estadual do Norte Fluminense.

Escreva sua avaliação

30 produtos relacionados, quem podem lhe interessar: